LAUDATO SI: SUA CONTRIBUIÇÃO NA CONSCIÊNCIA DO CUIDADO DA CASA COMUM NA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA

BARBOSA, Eva Gislane1; SOUZA, Waldir2;

Resumo

Introdução:A crescente utilização de recursos naturais em nosso planeta sem um devido cuidado e respeito, vem oferecendo aos seres vivos um futuro de extinção. Diante a tal constatação, é necessário buscar entre a ciência e a fé respostas assertivas para que tal ameaça seja afastada ou pelo menos cessada e, assim, devolver à natureza o que tem sido usurpado com insensatez e violência. Nessa busca entre a ciência e a fé a questão é como a Igreja Católica poderia contribuir para restituir o respeito para com a vida na sua totalidade? Quais ações podem refletir uma espiritualidade ou um cuidado diante as questões ecológicas e da vulnerabilidade dos seres humanos? Quando a terra está ferida, todo seu sistema declina com os efeitos e seus sinais de agonia clamam por socorro. A Igreja pode cooperar, evidenciando e oportunizando uma reflexão em favor da vida, promovendo uma sensibilização aos seus fiéis para uma conversão ecológica.

Objetivo:A Encíclica “Laudato Si” (FRANCISCO,2015) traz ao universo cristão informações e reflexões que proporcionam uma convivência respeitosa com a casa comum. Oferece um diálogo com os mais diversos problemas sociais enfrentados em um sistema capitalista, como a desigualdade, a fome, a guerra, a deterioração da qualidade de vida e a utilização desenfreada dos recursos naturais. Nessa proposta papal, a pesquisa buscou desenvolver quais ações visíveis foram desenvolvidas desde 2015 e ainda permanecem na Arquidiocese de Curitiba, PR.

Metodologia:O método utilizado foram dois: a) Bibliográfico; na leitura do documento Laudato Si (FRANCISCO, 2015). b) Documental; pesquisa feita no departamento de Arquivos e Memória, em todos os registros de atividades, documentos, cursos, materiais bibliográficos da própria Arquidiocese de Curitiba com os temas abordados na “Laudato Si” (FRANCISCO, 2015).

Resultados:A pesquisa apresentou uma informação preocupante, pois na Arquidiocese de Curitiba, PR não há registro de eventos, cursos, materiais bibliográficos ou formação dentro do contexto do documento. Dentre as 142 Paróquias atuantes na Arquidiocese de Curitiba, PR menos de 10% (10 Paróquias) fazem alguma atividade que contribua com o meio ambiente. Sendo assim, há uma urgente necessidade de articulação entre Universidade e a Igreja para possibilitar a promoção de eventos, cursos, materiais bibliográficos e formação para os leigos e leigas da Arquidiocese de Curitiba, PR.

Conclusões:A pesquisa só trouxe a contextualização de como está sendo tratada nossa casa comum, sem nenhuma ação concreta, totalmente negligenciada por aqueles que deveriam promover o respeito, a dignidade e a vida. Há uma urgência para com a sensibilização dos cristãos perante ao meio ambiente e a todos (as) que dela precisam para sobreviver.

Palavras-chave: Laudato Si. Casa comum. Arquidiocese de Curitiba, PR. Conversão ecológica. Meio ambiente.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador