PERCEPÇÃO VISUAL DO LATEROGNATISMO MANDIBULAR. ESTUDO POR MEIO DO RASTREAMENTO DO OLHAR

BORDIN, Rafael Wolanski1; GASPARELLO, Gil Guilherme 3; OLIVEIRA, Pedro Emanoel da Silva 3; BUENO, Paulo Henrique 3; MIYOSHI, Caio Seiti 3; BASTOS, Susiane Queiroz 3; MEIRA, Thiago Martins 3; GUIMARÃES, Lara Karolina 3; TANAKA, Orlando Motohiro2;

Resumo

Introdução:Estudos com o rastreamento do olhar ou ocular exploram a percepção visual sob diversas perspectivas, como uma maneira renovada frente aos tradicionais métodos de avaliação.

Objetivo:Objetivo de avaliar a percepção da estética e a atratividade do sorriso, em vista frontal, com laterognatismo mandibular, por meio do rastreamento do olhar.

Metodologia:Para a obtenção do rastreamento ocular foram utilizados o software Ogama e hardware The Eye Tribe Tracker em determinadas áreas de interesse na face. Para simular o laterognatismo foi utilizado o software de edição de imagens Photoshop® para criar uma linha de referência vertical à linha mediana da face e torná-la simétrica, com o controle da angulação em relação a outra linha de referência horizontal passando pelas comissuras bucais. Em seguida, o terço inferior da face foi angulado para adicionar as assimetrias ou desvios, partindo de zero, com incrementos de 2 em 2 graus até 6 graus. Participaram do estudo 60 leigos, 30 masculinos e 30 femininos, sem qualquer conhecimento sobre o estudo apresentando boa visão, não ter realizado o uso de medicamentos com a possibilidade de influenciar as habilidades cognitivas ou motoras

Resultados:A partir do mapa de calor em casos de laterognatismo mandibular é possível visualizar que para ambos os sexos os avaliadores avaliaram com certo grau de similaridade principalmente quando os desvios se apresentaram com 6 graus. A trajetória do olhar do sexo masculino e feminino em casos com laterognatismo observa-se que em casos com magnitude de 6 graus, os avaliadores rastrearam principalmente na região da boca com pouco transição na região dos olhos e principalmente nas áreas de interesse considerado como “outros”. Sendo que nas imagens que se apresentaram com magnitude de até 4 graus apresentaram rastreamento na imagem geral.

Conclusões:A percepção de leigos do laterognatismo mandibular para a direita no sexo feminino apresentou-se com maior percepção quando comparado ao sexo masculino com laterognatismo mandíbula para a esquerda.

Palavras-chave:Percepção visual. Ratregamento. Laterognatismo mandibular

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador