PROJETO-PILOTO PARA VALIDAÇÃO DO QUESTIONÁRIO DE EXPECTATIVAS UNIVERSITÁRIAS

SCHULMAN, Luiza Alvarenga1; SAPIENZA, Graziela2;

Resumo

Introdução:As expectativas têm o poder de influenciar o nível de investimento e compromisso dos estudantes, afetando a qualidade da adaptação acadêmica e o nível de aprendizagem. Ainda assim, hoje, no Brasil, não existe nenhum instrumento que avalie a expectativa do aluno universitário. A implementação de um teste como o Questionário de Expectativas Universitárias (CEU) pode ser, portanto, um passo significativo para o preenchimento desta falta. Esta pesquisa se insere como parte do Projeto Formação Do Estudante No Ensino Superior: contribuições para um desempenho acadêmico mais eficaz, que visa traduzir e validar o Cuestionario de Expectativas Universitárias que foi desenvolvido e validado em 2015, na Espanha.

Objetivo:Identificar possíveis dificuldades na aplicação do questionário e falhas na primeira tradução do questionário e correlacionar os resultados da versão portuguesa do CEU com o resultado de ferramentas já validadas no Brasil.

Metodologia:A execução deste projeto-piloto se deu através de três fases: tradução, aplicação comparativa do instrumento e análise de dados. Durante a primeira etapa, uma versão traduzida do CEU foi aplicada a 41 alunos do primeiro semestre de Psicologia da PUC-PR com o objetivo de coletar quaisquer dúvidas ou sugestões sobre o formato do instrumento. Na segunda etapa, duas outras ferramentas (Escala de Procrastinação Acadêmica e Inventário de Processos de Autorregulação Da Aprendizagem) foram introduzidas e aplicadas em conjunto com uma versão corrigida do CEU à cinco turmas de primeiro período (172 alunos), o que permitiu uma análise da correlação entre os instrumentos. Para a análise dos dados, todas as respostas foram planificadas, analisadas estatisticamente e comparadas à literatura.

Resultados:Os dados coletados apresentaram uma correlação positiva entre a expectativa universitária (avaliada através do CEU) e a habilidade de autorregulação da aprendizagem (medida pela IPAA), o que condiz com a literatura. Assim, entende-se que a ferramenta em avaliação é eficiente.

Conclusões:Os dados coletados indicam que o questionário de expectativas universitárias proporciona uma leitura fidedigna à realidade. No intuito de proporcionar uma experiência acadêmica positiva que reduza índices de evasão, este diagnóstico, ainda que preciso, não prescinde de uma resposta eficaz por parte das instituições de ensino.

Palavras-chave: Expectativa acadêmica. Questionário. Desenvolvimento acadêmico. Ensino Superior. Projeto-piloto.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador