DIAFANIZAÇÃO DE DENTES HUMANOS NA ANÁLISE MORFOLÓGICA

ALMEIDA, Pierre da Silva1; FIGUEIREDO, Nathália Vanzella 3; VERONEZ, Djanira Aparecida da Luz 3; LARA, Michelle Santos Vianna2;

Resumo

Introdução:O conhecimento da anatomia interna dos dentes é de extrema importância para a realização do tratamento endodôntico, pois durante esse procedimento não se consegue uma visão direta da cavidade pulpar e as tomadas radiográficas são o único meio de se observar o conduto radicular, entretanto, oferecendo visões incompletas, apenas em duas dimensões, e com sobreposição de imagem.

Objetivo:O projeto tem como objetivo aplicar a técnica de diafanização em dentes naturais para a produção de material de estudo para alunos da instituição, além da realização de uma análise morfológica e morfométrica, tanto das raízes dos dentes quanto da anatomia interna dos canais radiculares.

Metodologia:Compuseram a amostra 56 dentes da Coleção de dentes do Departamento de Anatomia da UFPR. Depois de limpos, a odontometria foi realizada utilizando-se um paquímetro digital certificado pelo Inmetro e a morfologia das raízes dos dentes foi analisada com auxílio de uma lupa. Realizadas as medidas, os dentes foram submetidos as etapas do processo de diafanização na seguinte sequência: acesso a câmara pulpar para injeção da tinta nanquim nos condutos radiculares, limpeza em hipoclorito de sódio 5%, descalcificação em ácido nítrico 5% ou ácido clorídrico 5%, desidratação em banhos de álcoois etílicos e por fim clarificação em xylol e fixação em salicilato de metila. O material diafanizado atingiu transparência adequada para realização da análise morfológica dos condutos radiculares.

Resultados:Do total de dentes estudados, 73,2% foram classificados como monorradiculados, sendo que desse percentual, 20% apresentaram raízes fusionadas. 73,8% dos dentes apresentaram raízes com inclinações para distal, em 63,3% dos dentes observou-se raízes com desvio apical 63,3%, e foi possível visualizar forames coincidindo com o ápice radicular em 78,5% da amostra. Os sulcos longitudinais, estavam presentes em 55,3% das raízes. Com relação ao processo de diafanização, os dentes descalcificados em ácido nítrico a 1% apresentaram-se mais translúcidos em sua maioria enquanto, os dentes submetidos ao ácido clorídrico a 5% apresentaram-se com uma coloração mais leitosa e, em alguns casos também, mais amarelada.

Conclusões:A diafanização permite a produção de material para o estudo da anatomia interna dos dentes. Foi possível o preparo de recursos didáticos que certamente irão auxiliar o professor na abordagem do tema de estudo com os estudantes da universidade, de maneira a prepará-los melhor para a realização de práticas endodônticas. O método conserva a forma original da raiz, possibilita a observação de pequenas alterações existentes nos canais radiculares, além de que os espécimes podem ser guardados por muito tempo. No presente estudo, os dentes submetidos a descalcificação com ácido nítrico a 1% mostraram melhores resultados quando comparados ao ácido clorídrico a 5%.

Palavras-chave:Diafanização. Anatomia. Canais radiculares. Endodontia.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador