APLICAÇÃO DO MODELO CONCEITUAL-CIENTÍFICO PARA AVALIAÇÃO DO PERFIL EMPREENDEDOR DOS ESTUDANTES DA ESCOLA DE NEGÓCIOS DA PUCPR

DOMINGUES, Fernanda1; WOLLMANN, Dewey Moreto2;

Resumo

Introdução:O avanço do desenvolvimento tecnológico trouxe consigo uma nova dinâmica ao cenário coletivo apresentando enormes desafios de adaptação à sociedade. Frente a esses desafios, as empresas estão buscando internalizar os processos de inovação a fim de manterem-se constantemente competitivas. Os profissionais, por sua vez, precisam além de atender essa demanda por inovação, enfrentar, um cenário de inseguranças e crises, onde a estabilidade de um emprego deixou de existir. Para atender essa demanda observa-se mais do que nunca a necessidade da adoção da postura empreendedora por parte dos indivíduos. Sabe-se também, que o empreendedorismo é um motor que impulsiona a economia, tendo em vista o seu papel na criação de oportunidades de emprego. Percebe-se, portanto, a relevância do empreendedor no cenário econômico-social, sendo este um agente que realiza ações ou idealiza novos métodos com o objetivo de desenvolver e dinamizar serviços, produtos ou quaisquer atividades. Logo, o desenvolvimento de mecanismos capazes de mensurar e estimular o desempenho do perfil empreendedor pode ser considerado de extrema importância.

Objetivo:O presente trabalho visa contribuir para a mensuração do potencial empreendedor dos estudantes universitários, bem como para o aprofundamento do corpo teórico e empírico sobre empreendedorismo, o qual procura sistematizar as características individuais distintivas em relação ao potencial empreendedor, descrevendo um modelo conceitual-científico para avaliar o perfil de estudantes universitário, com vistas a desenvolver seu potencial empreendedor, baseado nas técnicas de decisão multicritério AHP e ANP.

Metodologia:Neste trabalho foi apresentado um esquema para o desenvolvimento do processo científico como um sistema, fundamentado no processo de solução de problemas, o qual é representado por seis processos básicos: (i) Conceituação, (ii) Modelagem, (iii) Resolução do modelo, (iv) Feedback, (v) Implementação, (vi) Validação. Foram avaliadas por meio do método ANP primeiramente as relações de feedback entre os critérios principais, definidos com base na literatura, criando-se assim um gráfico geral do perfil empreendedor, posteriormente, analisou-se as relações de feedback entre os subcritérios.

Resultados:Através da aplicação deste método foi possível mensurar qual a composição do perfil empreendedor de um indivíduo estudado com base em sua motivação, competências emocionais, competências sociais, competências de gestão e motivação empreendedora.

Conclusões:Este estudo permite, portanto, o desenvolvimento e o desempenho do perfil empreendedor de forma orientada, tendo em vista a identificação da demanda das necessidades do perfil principalmente no meio acadêmico.

Palavras-chave:Perfil empreendedor. ANP. Feedback

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador