INFLUÊNCIA DA SUBSTITUIÇÃO PARCIAL DO AGREGADO MIÚDO PELA CINZA DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR

LARA, Rafaela Louise de1; SILVA, Claudia Claumann da2;

Resumo

Introdução:O concreto é um dos materiais mais utilizados na construção civil, sendo composto por cimento, areia, brita e água. Quando se fala em agregados miúdos (areia), é importante ressaltar que para utilizá-los, é necessária a extração desse componente da natureza, o que gera uma série de impactos ambientais. Diante dessa problemática, esse trabalho tem como finalidade estudar uma forma de substituir parcialmente o agregado miúdo por um componente, a cinza do bagaço da cana-de-açúcar (CBC), que vira resíduo na indústria, visando com isso a melhoria da principal propriedade do concreto, que é a resistência à compressão, ou até mesmo a inalteração da mesma. Dessa forma, o estudo a ser realizado terá a função de analisar a eficácia da substituição parcial do agregado miúdo (areia), que é um componente extraído da natureza, pela cinza do bagaço da cana-de-açúcar, resíduo descartado indevidamente no meio ambiente.

Objetivo:avaliar a resistência à compressão e a absorção do concreto com teor de 3% de cinza do bagaço da cana-de-açúcar em substituição ao agregado miúdo, comparando com os resultados de um concreto convencional (sem adição).

Metodologia:a partir da obtenção do CBC, foram moldados corpos de prova com substituição de 3% e 0%. Para cada substituição foram separados 3 corpos de prova para o ensaio de absorção, e 3 corpos de prova para o ensaio de compressão para 7 e 14 dias. No ensaio de absorção, os corpos de prova foram submetidos à estufa, foram pesados, imergidos à água e pesados novamente. Assim, foi possível calcular a porcentagem de absorção de cada corpo de prova.

Resultados:Para o ensaio de absorção, os corpos de prova sem substituição tiveram 6% de absorção, enquanto que os com substituição da cinza do bagaço da cana-de-açúcar tiveram 11%. Para os ensaios de resistência à compressão, os corpos de prova sem substituição, aos 7 e 14 dias, apresentaram resistência em torno de 30MPa, já aqueles com substituição nos 7 dias, obtiveram valores de 20, 19 e 13 MPa, e aos 14 dias essa resistência diminuiu, com valores de 13, 11 e 16 MPa.

Conclusões:Com os resultados obtidos é possível concluir que a substituição parcial não é viável, pois a inserção da cinza do bagaço da cana-de-açúcar diminuiu a resistência à compressão do concreto e aumentou a absorção. Por fim, o estudo deixa claro que para se ter resultados mais precisos, algumas alterações nos métodos de ensaios precisariam ser feitas.

Palavras-chave:Ensaio. Resistência. Cinza. Cana de açúcar. Concreto

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador