DESAFIOS DAS PRÁTICAS RESTAURATIVAS COMO PROCESSO DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS ENTRE OS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO.

BLACZYK, Gustavo Baldon1; LIMA, Cezar Bueno de2;

Resumo

Introdução:Diante de um contexto de desigualdades estruturais que afetam a realidade latina americana, é visível compreender as problemáticas sociais promulgadas pelo sistema do capital em comunidades periféricas. Nesse sentido, a transformação desses meios societários fragilizados e marginalizados são os melhores caminhos para um a construção de um projeto de sociedade mais justo e igualitário com seus cidadãos. Sendo assim, os meios que podem ser estabelecidos para tal mudança social são modelos restaurativos adjuntos com processos educacionais.

Objetivo:No plano teórico, é a análise e compreensão das práticas restaurativas para além de uma esfera teórica e acadêmica. No plano empírico, o objetivo é intervir e promover a inserção dessa comunidade juvenil da Vila Torres/Curitiba-PR no ambiente de educação superior, de modo que esses sujeitos possam assimilar aspectos de uma concepção contra hegemônica.

Metodologia:A condução desse estudo se pautou-se na modalidade da pesquisa-acão, apoiando-se em pesquisa bibliográfica e observação empírica. Dessa forma, a primeira técnica se pautou em observar a realidade social, a Vila Torres com todas as suas configurações de conflitos, divergências e descasos do serviço público com essa região, além de propor uma intervenção no território com foco educação dirigida a adolescentes interessados na oferta de curso pré-vestibular.

Resultados:Em vista disso, com as inferências das análises se possibilitou a comunidade e as instituições de ensino da região um projeto social educacional, denominado de Cursinho Solidário Capanema, o qual por práticas alternativas de educação baseadas numa educação em Direitos humanos se tenta transformar a realidade social e cultural da juventude da Vila Torres.

Conclusões:Por fim, as considerações que este trabalho desenvolve ficam aos encargos de novas medidas de estruturação para a educação, a questão da viabilização de novos projetos de vida e a necessidade de restauração e deliberação no ambiente escolar com a participação da comunidade escolar, o corpo docente e os próprios estudantes.

Palavras-chave: Práticas Restaurativas. Instituição escolar. Curso Pré-vestibular. Cidadania.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador