PRÁTICAS DE PROFESSORES PDE/PR – TURMAS 2007 A 2010: INTERFACE ENTRE ‘ARTIGOS CIENTÍFICOS E PRODUÇÕES DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS’ NA LINHA DE ESTUDO ‘ARTE’

LARA, Samuel Gomes1; ENS, Romilda Teodora2;

Resumo

Introdução:Interfaces entre os artigos científicos e as produções didático-pedagógicas de professores do Programa de Desenvolvimento Educacional do Estado do Paraná (PDE/PR), que instituiu o projeto de formação continuada para professores da rede pública estadual no âmbito do Plano de Carreira do Magistério – turmas 2007 a 2010 foram o foco deste a área de estudo “Arte” vinculado ao Grupo de Pesquisa: “Políticas, Formação do Professor, Trabalho Docente e Representações Sociais – POFORS” do PPGE/PUCPR, que integra a rede de pesquisa sobre Profissionalização Docente – Cátedra da UNESCO, coordenada pelo CIERS-ed/FCC.

Objetivo:Realizar um estudo do tipo “Estado da Arte”, tendo por base artigos científicos e produções didático-pedagógicas da linha de estudo Arte disponibilizadas, pelos professores que participaram do curso de formação continuada, turma PDE-PR – 2007, 2008, 2009 e 2010, para verificar com apoio na literatura científica pertinente quais focos e silenciamentos se fazem presentes nessas produções.

Metodologia:O aporte metodológico utilizado ancorou um estudo do tipo Estado da Arte, exploratório-descritivo, pelo qual foram sistematizados os trabalhos, usando como estratégia os REDUC’s, resumos que possibilitam a identificação: do professor (participante do projeto), do orientador; a IES em que as produções (Artigos e Produção Didático-Pedagógica, constantes nos Cadernos PDE, volumes I e II, respectivamente, em cada uma das turmas) foram realizadas; o título; tema; palavras-chave conteúdo (procedimentos metodológicos), resultados e referências. Os resumos que abordaram o tema música constituíram o corpus processado pelo software IRAMUTEQ.

Resultados:Os 162 artigos, e 162 produções didático-pedagógicas disponibilizados pelos professores PDE/PR do período selecionado, sobre a temática Arte, foram divididos em seis categorias: Educação, Artes Plásticas, Artes Cênicas, Música, Artes Visuais/Dança, e outros. Esses dados foram processados pelo software IRAMUTEQ, que viabilizou o uso da técnica de Análise de Similitude, a qual indicou a correlação entre os 24 artigos e 24 Produções Didático-Pedagógicas dos professores que realizaram o PDE/PR entre 2007 a 2010, na linha de estudo de Arte, na área da Música

Conclusões:A utilização de métodos qualitativos de produção de dados retrata de maneira clara as experiências desses professores com a Educação em Música. O PDE/PR, como projeto idealizado para a formação continuada de professores da rede estadual, pela sua proposta pedagógica e discussões alimentadas a partir de seminários e grupos de estudo, oportunizam aos professores participantes uma reflexão sobre a sua prática. A Educação em Arte, no Brasil, ainda está muito distante da possibilidade efetiva de sua consecução, pela falta de recursos previstos para a formação de professores especializados, bem como a dos que atuam nas salas de aula, para que os alunos sejam bem orientados. O trabalho com música na escola pode fornecer subsídios relevantes para o ensinar e o aprender, os quais podem contribuir para que os professores disponham de mais fundamentos e recursos técnicos para proporem e atenderem de modo adequado aos estudantes da escola básica.

Palavras-chave: Programa de Desenvolvimento Educacional do Paraná (PDE/PR). Formação Continuada. Estado da Arte. Educação em Arte. Música.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador