ASPECTOS DA SUSTENTABILIDADE SOCIAL NA INDÚSTRIA DO VIDRO INDUSTRIAL: UMA PESQUISA SURVEY DESCRITIVA

IHLENFELD, Walter1; MATTIODA, Rosana Aparecida Adami2;

Resumo

Introdução:Uma empresa efetivamente sustentável deve buscar o equilíbrio do Triple Bottom Line, que envolve aspectos ambientais, econômicos e sociais. A partir de uma perspectiva de negócios, a inclusão de aspectos sociais no debate e na prática da sustentabilidade tem sido marginal em comparação com a atenção dada as duas outras dimensões. Neste cenário, na construção civil, os empreendimentos que envolvem muitas Partes Interessadas, que são as pessoas e/ou grupos de pessoas que podem ser afetadas por um projeto, de forma direta ou indireta. Em pesquisas sociais em empresas, estudos sobre as condições das Partes Interessadas demonstram-se como um tema recorrente para subsidiar a tomada de decisão sobre as ações estratégicas

Objetivo:O objetivo principal desta pesquisa é estudar os conceitos sobre sustentabilidade e a dimensão social na construção civil, especificamente na indústria do vidro. Procura responder a problemática de quais os aspectos da sustentabilidade social impactam no ciclo de vida do vidro industrial sob a ótica de suas partes Interessadas.

Metodologia:Aplica-se uma pesquisa qualitativa, que envolve a revisão sistemática da literatura e a análise de conteúdo, através da coleta de artigos no Portal Brasileiro de Periódicos da CAPES. O método de pesquisa é o survey aplicado nas empresas brasileiras que produzem vidros industriais voltados para a construção civil.

Resultados:Como principais resultados, foram identificadas e classificadas dez categorias de partes interessadas da construção civil sendo atuante de forma mais prática na categoria dos “funcionários” e desta forma, a promoção dos aspectos sociais deve, em linhas gerais, promover a empregabilidade e evolução profissional dos funcionários visando ampliar a sua competência através do erradicação do trabalho forçado ou compulsório, salário justo, horas de trabalho, pratica do diálogo com o público interno, Medicina e Segurança do Trabalho, entre outros aspectos. Conclui-se portando, que uma empresa efetivamente sustentável precisa adotar a sustentabilidade de forma sistêmica, envolvendo aspectos sociais, em suas produções onde todas as Partes Interessadas sejam consideradas.

Conclusões:Observa-se que uma indústria efetivamente sustentável precisa adotar a sustentabilidade de forma sistêmica, envolvendo aspectos sociais, em suas produções onde todos as Partes Interessadas sejam consideradas. Seu produto industrial final, no presente estudo o vidro da construção civil, deve atender aos conceitos relacionados aos três pilares do Triple Bottom Line; envolvendo aspectos ambientais, econômicos e sociais. Estes conceitos devem ser integrados e otimizados em todas as fases do ciclo de vida e deve-se levar em consideração que é crucial a ponderação das necessidades das Partes Interessadas com as perspectivas diferentes para um produto. Neste survey, observou-se que os funcionários representam a Parte Interessada de maior relevância, o que se justifica pela identificação de aspectos socias, que; em linhas gerais, promove a empregabilidade e a evolução pessoal e/ou profissional dos seus colaboradores, visando a ampliação de sua competência mediante garantias como: erradicação do trabalho forçado ou compulsório, salário justo, horas de trabalho, pratica do diálogo com o público interno, Medicina e Segurança do Trabalho, entre outros aspectos.

Palavras-chave:Construção Civil. Sustentabilidade. Sustentabilidade Social. Ciclo de vida do vidro. Partes Interessadas.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador