ANÁLISE CLÍNICA DE FATORES POSSIVELMENTE LIGADOS A ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR (ATM) HUMANA COM DESARRANJOS INTERNOS

DONATO, Francisca Katiana de Oliveira Feitosa1; DOETZER, Andrea Duarte2;

Resumo

Introdução:Disfunção da Articulação Temporomandibular (DTM) são as articulações com algum tipo de alteração na articulação a qual pode levar a problemas funcionais e até mesmo estéticos.

Objetivo:Analisar a idade e associação da ansiedade em pacientes com e sem disfunção da articulação temporomandibular.

Metodologia:Uma amostra constituída de 243 participantes do sexo feminino foi coletada no ambulatório da equipe de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba e também na Clínica de Odontologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) durante o ano de 2018 e 2019. A amostra foi composta por grupo Controla (n=158), grupo com deslocamento de disco com redução (DDCR) (n=68) e deslocamento de disco sem redução (DDSR) (n=17). Os pacientes preencheram um questionário baseado no RDC/TMD para avaliação de DTM, respondendo várias perguntas sobre comportamento, escala de dor e função mandibular, e foram avaliados individualmente sobre a presença de algum tipo de DTM. Os critérios de inclusão foram: pacientes mulheres com idade entre 20 e 70 anos, sem uso crônico de anti-inflamatórios, sem histórico de Diabetes, Hepatite, HIV, quimioterapia, doenças neoplásicas, doenças autoimunes ou doenças que comprometam a imunidade, não estivessem grávidas ou fossem lactantes, não tivessem realizado cirurgia prévia na ATM, ou tivessem somente mialgia. Foi realizada análise estatística através do teste Qui-quadrado, sendo p=0,05.

Resultados:Não foi encontrada associação entre os grupos Controle, DDCR e DDSR, p= 0,0632, e a idade que as mulheres apresentam quadros mais severos de DTM variam entre 22 e 53 anos.

Conclusões:A DTM é uma condição de importância social, visto que uma boa parte da população apresenta dor, e necessita, portanto, ter sua etiologia identificada para poder promover um tratamento adequado. Nesse estudo, diferentes graus de ansiedade não foram associados com DTM, e as pacientes apresentam um quadro mais severo de DTM entre 22 e 53 anos de idade.

Palavras-chave: Articulação Temporomandibular. Dor. Ansiedade.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador