NOVOS PLANOS PASTORAIS JUVENIS NA REALIDADE DE GLOBALIZAÇÃO.

PILLER, João Paulo da Silva1; MIKUSZKA, Gelson Luiz2;

Resumo

Introdução:A evangelização da juventude na atualidade está ligada à realidade de uma sociedade “pós-moderna” que influencia diretamente no perfil dos jovens. É uma realidade globalizada que assume a configuração de uma grande rede com desdobramentos que desencadeiam desafios a serem superados por novos planos pastorais.

Objetivo:O objetivo desta pesquisa é buscar novos métodos e/ou metodologias pastorais para a evangelização dos jovens e que sejam aplicáveis nesta realidade da globalização. A proposta é encontrar uma ação pastoral que ajude os jovens na busca de Deus e de si mesmo.

Metodologia:Os materiais utilizados foram, primeiramente no campo da sociologia, as obras de Zigmund Bauman, afim de compreender a sociedade pós-moderna e seus desdobramentos. Na sequência, buscamos documentos do Magistério da Igreja, em nível nacional e mundial, que dialogam com a realidade e apontam linhas de ação com a juventude na dimensão pastoral. Somou a nossa pesquisa a mais recente Exortação Apostólica Pós-Sinodal Christus Vivit (2019), fruto do Sínodo da Juventude. Além desses materiais citados, destaco a contribuição do pensamento pastoralista de João Batista Libanio (2004). Como método de pesquisa utilizamos a hermenêutica crítica que auxiliou na interpretação das obras e documentos utilizados e, após leituras e fichamento, possibilitou um diálogo entre os diferentes pensamentos e concepções valorizando os resultados.

Resultados:Como método de pesquisa utilizamos a hermenêutica crítica que auxiliou na interpretação das obras e documentos utilizados e, após leituras e fichamento, possibilitou um diálogo entre os diferentes pensamentos e concepções valorizando os resultados. Nos resultados encontramos um cenário fragilizado pelos desdobramentos de um mundo pós-moderno modificado pela globalização, implicando diretamente no perfil do jovem a ser evangelizado. Por outro lado, cabe a Igreja, pensar formas para melhor acompanha-los e acolhe-los, despertando-os discipulado e a transformação da sociedade, partindo da experiência querigmática, do encontro com a Pessoa de Jesus.

Conclusões:A partir da pesquisa, consideramos que os princípios de: acolhida, acompanhamento, desenvolvimento de um projeto pessoal de vida e criar uma cultura vocacional com a juventude, torna-se indispensável na nova evangelização, considerando o valor da comunhão e da unidade dos carismas.

Palavras-chave: Evangelização. Juventude. Globalização.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador