EMPRESAS TRANSNACIONAIS

ROSA, LAIS KLOTZ DA 1; BECKERS, Amanda Carolina Buttendorff Rodrigues 2;

Resumo

Introdução:"Neste artigo será abordado a globalização e o direito nas empresas transnacionais. A globalização é um fenômeno muito o complexo que envolve diversas questões, assim como as empresas transnacionais. Também o Estado tem uma relação muito complexa com estes fenômenos e ainda está no processo de posicionamento no contexto atual, já que esta configuração é relativamente recente. Existem diversas classificações para empresas transnacionais e se tornou necessário a diferenciação entre as empresas para a nossa configuração atual. Também existem as multinacionais que exigem uma classificação e a diferenciação com as transnacionais. Como são fenômenos muito complexos e configurados em uma escala global existem os seus aspectos positivos e negativos, abordados no relatórios. Também há a discussão sobre ser um configuração reversível ou não. Trataremos do histórico e como chegamos aonde nos encontramos atualmente"

Objetivo:O objetivo geral é estudar o conceito de empresa transnacional e suas consequências para o direito. Também será pesquisado este conceito dentro de diferentes órgãos internacionais como ONU, OMC, OCDE.

Metodologia:Trata-se de pesquisa qualitativa, documental e teórica, com base dedutiva. Se dará inicialmente por coleta de dados e estudo dos conceitos necessários à compreensão do estado da arte sobre a temática.

Resultados:A globalização é muito importante para o entendimento do poder das transnacionais, já que elas existem graças a este fenômeno e a tecnologia. A globalização também decorre de décadas e tem um histórico por de trás de sua formação e tem diversas consequências para o nosso dia a dia. É de extrema importância a compreensão deste fenômeno, já que ele tem um grande papel na nossa atual configuração. A globalização também apresta quatro dimensões tradas no relatório. A ONU exerce algumas funções e criou um código denominado Princípios Orientadores das Nações Unidas sobre Empresas e Direitos Humanos. Outros órgãos internacionais também exercem papeis na nossa configuração atual como a OMC, que regula os tratos comerciais.

Conclusões:As transnacionais envolvem diversos processos que atuam de maneira secundaria e processos que envolvem a sua expansão, como fusões, aquisições e a transnacionalização de um produto. A nova configuração do mundo traz à tona diversas questões, em que empresas privadas interferem nas políticas estatais e indiretamente em questões sociais.

Palavras-chave: Transnacionais. Globalização. ONU. OMC. OCDE.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador