CUIDADOS PALIATIVOS ASPECTOS FENOMENOLÓGICOS DO PACIENTE ONCOLÓGICO

MARTINS, Franciane Santos1; SOUZA, Waldir 3; MELO, Maria Inês Amaro Assunção de2;

Resumo

Introdução:Essa pesquisa refere-se a duas etapas: a primeira corresponde ao levantamento bibliográfico acerca dos Cuidados Paliativos e ao método fenomenológico de Edmund Husserl. A segunda etapa aos aspectos fenomenológicos dos pacientes oncológicos em Cuidados Paliativos. Parte das inquietações de compreensão da vivência do ser humano, através de sua própria fragilidade, e a forma pela qual eles estabelecem sentido a existência marcada pela doença.

Objetivo:Levantar os referenciais atuais dos Cuidados Paliativos e apontar os aspectos fenomenológicos dos pacientes. Objetivos específicos: transcrever as entrevistas dos pacientes em Cuidados Paliativos; e apontar os aspectos fenomenológicos existentes nestas entrevistas.

Metodologia:Estudo epistemológico que compreende parte de uma pesquisa de campo, transversal, descritiva e qualitativa, realizada em um hospital geral da zona Leste de São Paulo, que atende pacientes em Cuidados Paliativos desde 2000. Participaram deste estudo um total de 8 pacientes, de faixa etária igual ou maior que 18 anos, e em tratamento paliativo. O roteiro de entrevistas efetuou-se nos seguintes setores: ambulatório e internamento. As entrevistas foram gravadas em áudio e posteriormente transcritas. O método adotado é o fenomenológico de Husserl, ampliado pela sua percursora Edith Stein. Através deste método, buscou descrever os fenômenos vivenciados pelos participantes.

Resultados:Evidenciaram-se nos discursos/relatos os fenômenos resultantes deste dado momento de vida. Os participantes mostraram: a dificuldade de despedida da família, a espiritualidade como alicerce, a fé como forma de luta, os planos de vida não concretizados que os afetam na trajetória da vida, a notável mudança de vida e crescimento pessoal, o amor a vida até o fim é referido aos Cuidados Paliativos e a necessidade de tempo para concretizar os sonhos.

Conclusões:Desta maneira, é possível compreender a importância da fenomenologia como ferramenta de leitura para os Cuidados Paliativos. Considerando o sentido da existência, cuja, ênfase dada nos escritos de Husserl, somam a riqueza dos dados destes participantes que desvelam, através destes fenômenos o sentido da vida apesar da doença.

Palavras-chave: Cuidados paliativos. Fenomenologia. Oncologia.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador