MODIFICAÇÕES NA MANUTENÇÃO DA POSTURA ORTOSTÁTICA DECORRENTE DO PROCESSO DE FADIGA MUSCULAR

NETO, Pedro Soares da Veiga1; PAPCKE, Caluê 3; SCHEEREN, Eduardo Mendonca2;

Resumo

Introdução:Um conjunto de sistemas atuam em conjunto com os músculos antigravíticos para mantermos o equilíbrio durante a postura ortostática, sendo comprometido quando estes estão fadigados. Os estudos sobre o efeito da fadiga muscular do tríceps sural sobre tarefas posturais não consideraram a diferença na sua composição de fibras, ou utilizaram um método adequado para obtenção da contração voluntária máxima.

Objetivo:Determinar as modificações na manutenção da postura ortostática pré e pós processo de fadiga dos músculos sóleo, gastrocnêmio medial e lateral através. Por meio dos objetivos específicos.

Metodologia:Quatorze participantes saudáveis (18 a 40 anos) foram avaliados na postura ortostática através de uma plataforma de força para analisar o comportamento do centro de pressão (COP) pré e pós processo de fadiga dos músculos do tríceps sural, esse ocorreu por meio de uma interface entre a célula de carga e o software com biofeedback visual, desenvolvido para manter a isometria de flexão plantar a 40% da contração voluntária máxima até o participante ser incapaz de sustentar a tarefa. A atividade elétrica dos músculos foi obtida usando um eletromiógrafo (EMG system do Brasil), uma janela de 2s foi utilizada para a análise pré e pós fadiga. Foram utilizados o software MATLAB para o processamento de dados, e o SPSS para a análise estatística, adotando valor de p<0,05.

Resultados:Como principal resultado, em relação aos músculos estudados, apenas o sóleo direito dos participantes teve uma queda significativa no valor RMS no pós fadiga. As variáveis RMS médio lateral e velocidade média médio lateral do COP apresentaram maior oscilação no pós fadiga.

Conclusões:Os valores indicam que o corpo cria mecanismos compensatórios durante um processo de fadiga na postura ortostática afim de manter uma tarefa exigida, e que estratégias de joelho e quadril podem ser usadas na postura ereta como forma de compensar quando músculos mais distais estão incapazes de gerar força.

Palavras-chave:Equilíbrio postural. Postura ortostática. Fadiga. Estatocinesigrafia. Centro de Pressão

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador