HABITAÇÃO COLETIVA NO BRASIL:NIEMEYER E LE CORBUSIER

FREDERICO, Thalita Desiree Aguiar1; OBA, Leonardo Tossiaki2;

Resumo

Introdução:Os projetos modernos de habitação coletiva foram um importante componente para o avanço do pensamento urbanístico. O papel de Le Corbusier (1887-1965) na construção das novas tendências foi fundamental para o desenvolvimento de um pensamento mais crítico no âmbito social e econômico e para a disseminação da Arquitetura Moderna nos mais diversos recantos do mundo. Diante da realidade de escassez e déficit habitacional resultante da 2ª Guerra Mundial, Le Corbusier propõe uma nova visão de moradia coletiva, verticalizada, com melhores condições de vida urbana e qualidade ambiental. Estas ideias tiveram repercussões importantes no Brasil através das primeiras gerações de arquitetos modernos.

Objetivo:O objetivo geral foi pesquisar obras contemporâneas de Habitação Coletiva Brasileira com características modernas e identificar seus traços genealógicos em relação ao pensamento de Le Corbusier. Os objetivos específicos foram, analisar a Unité d"Habitation de Le Corbusier em Marselha, analisar os edifícios Copan e Eiffel (São Paulo SP), de Oscar Niemeyer e identificar possíveis similaridades, e influências no desenvolvimento do pensamento de Le Corbusier nas obras de Oscar Niemeyer, considerando a inserção urbana, e os aspectos relacionados aos três princípios de Vitrúvio: firmitas (estrutura e sistema construtivo), venustas (qualidades espaciais e formais) e utilitas (funcionalidades e dimensionamentos); outro objetivo foi analisar as condições atuais dos edifícios e organizar a apresentação final do relatório.

Metodologia:A pesquisa foi desenvolvida com base em pesquisas bibliográficas e referências. Primeiro foi feito uma pesquisa sobre a obra teórica de Le Corbusier para entender seus princípios e propostas conceituais, depois foram analisados as Unités d"Habitation e os dois edifícios de Niemeyer procurando identificar as similaridades e influências.

Resultados:As análises indicam claras influências de Le Corbusier nos projetos de habitações coletivas de Oscar Niemeyer. Os três edifícios apresentam os mesmos sistemas construtivos com pilotis e planta livre no térreo, utilizam os mesmos materiais e revestimentos. A linguagem formal, livre de ornamentos segue a mesma vertente estética moderna. Todos os edifícios estudados têm uma área de transição público-privado.

Conclusões:A influência da Arquitetura Moderna do arquiteto Le Corbusier foi essencial para o desenvolvimento da habitação coletiva no Brasil e influenciou de forma significativa as decisões de projetos dos edifícios Copan e Eiffel do arquiteto Oscar Niemeyer.

Palavras-chave: Habitação Coletiva. Arquitetura Moderna. Le Corbusier. Oscar Niemeyer.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador