CARACTERIZAÇÃO DOS PADRÕES DE INCIDÊNCIA DE DENGUE E VARIÁVEIS AMBIENTAIS: PREVISÃO DE MORBIDADE NO MUNICÍPIO DE LONDRINA

SABINO, Edilson Araujo1; SOUZA, Fabio Teodoro de2;

Resumo

Introdução:O presente trabalho busca elucidar os padrões de incidência de dengue na cidade de Londrina, Paraná. Dados clínicos de pacientes com suspeita de Dengue e dados meteorológicos foram preparados com técnicas de mineração de dados. Análises estatísticas e regras de associação foram utilizadas para prever com alta acurácia a incidência de Dengue em até três meses futuros, o que fornece subsídio informativo para que autoridades governamentais e de saúde se preparem para surtos da doença.

Objetivo:Empregar uma metodologia de análise estatística e de dados de notificação da doença para a formulação de regras de associação com a utilização de informações epidemiológicas de pacientes com suspeita de dengue e registros geográficos de uma cidade.

Metodologia:Foram coletados os dados clínicos de 84.390 pacientes registrados dentro do Sistema de Notificação Obrigatória de Doenças e Agravos com suspeita de Dengue dentro do período de 2007-2017 na cidade de Londrina, Paraná. Foram incluídos registros meteorológicos do Sistema Meteorológico do Paraná deste mesmo período. Ademais, foram inseridos localidades geográficas municipais de interesse (como unidades de tratamento de água, lagos e cemitérios) e formuladas variáveis anuais dos dados coletados para serem empregados em testes estatísticos de análise multivariada e regras de classificação.

Resultados:Foram utilizados 2 métodos estatísticos e 2 métodos de análise de dados: k-means, linear correlation, factor analysis e dendrograma para avaliar a relação das notificações de dengue com as distâncias entre os bairros e aspectos geográficos considerados importantes para o desenvolvimento da doença. Além disso, foram utilizados variáveis categóricas para determinar correlações ambiente-doença-cidade. Relações entre os bairros e a doença foram demonstradas.

Conclusões:O atual projeto apresentou um método com alta eficácia que correlacionou aspectos geográficos da cidade com as notificações de dengue para a cidade de Londrina, Paraná; o método fornece dados para que o governo implemente políticas públicas de revitalização ecológica e consequente melhoria da saúde de sua população local.

Palavras-chave: Gestão Urbana. Epidemiologia espacial. Dengue. Variáveis urbanas.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador