PAISAGEM PLANEJADA: APLICAÇÕES DE RECURSOS TECNOLÓGICOS DE REPRESENTAÇÃO TRIDIMENSIONAL DE ESPAÇOS URBANOS

MORANDIN, Vítor Pereira1; JEDYN, Adrian 3; HARDT, Carlos 3; SANTOS, Isabela Milena 3; SCHOMA, Sabrina Gebiluca 3; ABADE, Victor Augusto Bosquilia 3; HARDT, Leticia Peret Antunes2;

Resumo

Introdução:O meio urbano possui papel fundamental no desenvolvimento do ser humano, pois nele ocorre a sua evolução conectada à da tecnologia. Diante desses fatos, tornam-se essenciais os avanços no campo do planejamento de cidades e da seguridade social.

Objetivo:Frente a essas considerações, o objetivo geral desta pesquisa consiste em avaliar aplicações de recursos tecnológicos de representação tridimensional em nível internacional e nacional, inclusive com vistas à estruturação de subsídios à elaboração de planos diretores municipais relacionados a padrões qualitativos e morfológico-funcionais da paisagem de núcleos médios e metropolitanos brasileiros, notadamente vinculados à prevenção da violência em seus espaços.

Metodologia:As suas principais fases metodológicas – estruturação metodológica, fundamentação teórica e discussão dos resultados – têm feição exploratória, descritiva e analítica. A primeira foi baseada em levantamento bibliométrico na base de dados Web of Science (1.769 artigos) e no portal de periódicos da Scopus (579 artigos), inter-relacionando temáticas conceituais em quatro recortes essenciais (espaço, planejamento, segurança e tecnologia). Esses assuntos também foram tratados sob a forma de revisão de literatura na segunda etapa, da macro para a micro abordagem. Por meio do software Mendeley, foi realizado o refinamento da somatória das combinações de palavras-chaves em amostra delimitada a revistas publicadas nos últimos cinco anos. Assim, foi possível analisar integralmente os textos mais pertinentes a discussão dos seus teores na terceira fase.

Resultados:Os resultados encontrados, interpretados em consonância as suas aplicações e suas classificações, apontam maior expressão de tecnologias como 3D Geographic Informatiton System (3DGIS – 40%), City Geography Markup Language (CityGML – 20%) e City Information Modeling (CIM – 5%). Os restantes 35% correspondem a outras alternativas.

Conclusões:Como resposta à questão de pesquisa, pode-se concluir que as tecnologias tridimensionais têm elevada pertinência com estudos de planejamento e desenvolvimento seguro das cidades, com ampla gama de possibilidades de aplicações em planos urbanísticos e de segurança pública no país.

Palavras-chave:Planejamento de cidades. Paisagem urbana. 3D Geographic Informatiton System (3DGIS). City Geography Markup Language (CityGML). City Information Modeling (CIM)

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador