AVALIAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO HISTOPATOLÓGICA DE NEOPLASIAS MAMÁRIAS EM CÃES

MITCHELL, Megan Jennifer1; FILHO, Jair Rodini Engracia2;

Resumo

Introdução:Tumores mamários estão entre as neoplasias mais comuns em cães no atendimento veterinário, acometendo tanto fêmeas quanto machos. Como os animais estão com expectativa aumentada, pode ser uma das causas do aumento de aparecimento de casos. A avaliação clínica minuciosa do paciente para avaliar o estado geral e pesquisa de metástase, junto com o diagnóstico histopatológico, é extremamente importante para a definição do tratamento e prognóstico do animal. Como o tecido mamário tem vários componentes, o diagnóstico histopatológico pode ser bem variado, e por isso é constantemente passado por revisão e consensos. A classificação antiga era muito ampla e inespecífica, e depois de um consenso, uma nova classificação foi aceita onde tem mais especificidade no tipo tumoral e suas características.

Objetivo:O objetivo desta pesquisa é avaliar a prevalência no tipo tumoral e fatores que podem influenciar em seu aparecimento, de casos de 2013 a 2015 da Clínica Veterinária Escola da PUCPR campus Curitiba, realizando uma reclassificação destes casos para a classificação atual.

Metodologia:Todos os dados foram registrados em Excel. A reclassificação das amostras histopatológicas foi de acordo com o consenso de CASSALI et al, 2014.

Resultados:Nos resultados obtidos, foi identificado que o tumor misto maligno, que hoje é reclassificado como carcinosarcoma, foi o mais prevalente nestes pacientes, a maioria não eram castrados e com idade média de 9,9 anos. Mais de 50% estavam com o linfonodo regional comprometido. A raça mais acometida foi a SRD (sem raça definida), seguido de Poodle, Cocker Spaniel, Daschund, Pinscher e Yorkshire Terrier. Os dois pares de mamas caudais foram os mais acometidos. De todos os casos, apenas 17 tiveram o diagnóstico confirmado pela nova avaliação.

Conclusões:Muitos resultados condizeram com a literatura, porém um resultado chamou atenção por ser bem diferente, a prevalência de carcinosarcoma, que na literatura é considerado um diagnóstico com menor frequência. É de extrema importância estudos como estes com o intuito de melhorar o entendimento da doença, o que pode ajudar futuramente nos tratamentos e prognósticos dos pacientes.

Palavras-chave:Tumor mamário. Histopatologia. Reclassificação.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador