SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO ÓLEOS VEGETAIS MODIFICADOS QUIMICAMENTE

LIVRAMENTO, Guilherme Pizzatto do1; LUNELLI, Carlos Eduardo2;

Resumo

Introdução:A modificação química de óleos vegetais tem uma importante notoriedade em pesquisas científicas uma vez que estes representam uma matriz energética de interesse. Para isso, destaca-se o estudo da reação de transesterificação, na qual triacilglicerois em presença de um álcool e catalisador adequado dão origem a um éster alquílico, contribuindo para a produção de biodiesel, um biocombustível de menor impacto ambiental comparado aos petroquímicos.

Objetivo:No presente trabalho foram empregados como reagentes os óleos de: soja, milho e rícino (mamona), os álcoois etilenoglicol (MEG) e dietilenoglicol (DEG), e hidróxido de sódio como catalisador. O objetivo foi produzir ésteres alquílicos com cadeias carbônicas modificadas cuja terminação é o grupamento hidroxila (OH). Realizaram-se duas reações com óleo de soja e MEG por um período de duas horas, duas reações com óleo de milho e DEG por duas horas e meia e uma reação com óleo de rícino e DEG por três horas.

Metodologia:No presente trabalho foram empregados como reagentes os óleos de: soja, milho e rícino (mamona), os álcoois etilenoglicol (MEG) e dietilenoglicol (DEG), e hidróxido de sódio como catalisador. Realizaram-se duas reações com óleo de soja e MEG por um período de duas horas, duas reações com óleo de milho e DEG por duas horas e meia e uma reação com óleo de rícino e DEG por três horas.

Resultados:Amostras foram submetidas a medida das viscosidades através de equipamento de Brookfield com o objetivo de verificar modificações das viscosidade dos óleos modificados. A massa específica também foi aferida, com o auxilio de picnômetro, com a finalidade de caracterizar as modificações dos valores em função do planejamento experimental aplicado, além da análise por FTIR – espectroscopia de infravermelho.A partir da análise viscosimétrica e da determinação de massa específica, verificou-se que houve modificação em seus valores comparando material de partida e produtos obtidos, sinalizando que as reações de transesterificação possam ter ocorrido. A análise por FTIR demostrou em todas as amostras uma deformações axial em 1774 cm-1 referentes a C=O e a intensificação entre 3100-3650 cm-1 referentes ao grupamento OH, dados estes que sugerem a ocorrência das reações.

Conclusões:Os resultados apresentados evidenciam, nas amostras avaliadas, que possivelmente tenha ocorrido modificação química dos óleos vegetais conforme proposto. Sendo assim, estes produtos transesterificados, denominados de poliois, são insumos que podem sem aplicados na síntese de polímeros sintéticos.

Palavras-chave:Transesterificação. FTIR. Óleos vegetais. Poliois. Modificação

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador