O COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES E A AFIRMAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS A PARTIR DA PERSPECTIVA DA TEOLOGIA

BASTOS, Deise Regina Badotti1; CANDIOTTO, Jaci de Fatima Souza2;

Resumo

Introdução:A violência de gênero não é assunto novo, porém, é recorrente e o seu alcance, contudo ainda nos é desconhecido em sua proporcionalidade. No campo teológico o debate é muito recente. No Brasil, o tema da violência contra as mulheres é abordado na maioria das vezes como um problema de segurança pública e a perspectiva reflexiva das relações de gênero é marcada pela invisibilidade, ou quando essa perspectiva é aventada, ela é criticada por alguns setores da sociedade como se fosse algo que subverte a moral vigente, de cunho eminentemente patriarcal; ou ainda, ela é pulverizada no interior de outras lutas minoritárias que buscam reconhecimento no âmbito da orientação sexual.

Objetivo:Consistem em identificar no discurso teológico uma reflexão pertinente que possa se desdobrar no combate à violência contra as mulheres e na luta pela afirmação dos Direitos Humanos e, também mapear na arquidiocese de Curitiba o número de paróquias que possuem alguma pastoral de apoio às mulheres vítimas de violência doméstica. Além de estudar a Declaração sobre a Eliminação da violência contra a Mulher (1993), relacionando aspectos de fortalecimento nas discussões teológicas da superação e erradicação da violência. Outrossim, salientar como os movimentos feministas tem articulado seu discurso de superação, enfatizando as principais contribuições da teologia pública para o fortalecimento dos direitos humanos das mulheres.

Metodologia:Trata- se de um estudo com levantamento bibliográfico feito a partir de pesquisa na base de dados scholar google, onde se encontram disponibilizados artigos, teses, anais de congresso e livros online, que se relacionam com o tema proposto na pesquisa, bem como pesquisa empírica mediante consulta em bancos de dados on-line sobre o atendimento a mulheres nas comunidades católicas cristãs, que sofrem violência doméstica.

Resultados:Dessa pesquisa se constatou que o problema da violência contra as mulheres é crônico e precisa de ações e preocupações de todos os setores da sociedade para fazer o enfrentamento desta chaga social que abate sobre elas e que a comunidade cristã, em muitos casos, é omissa dada a inexistência de práticas mais efetivas, embora tenha um corpo teórico relevante em relação ao tema.

Conclusões:Os textos estudados nos trazem a percepção da importância da religião para tornar efetiva a proposta dos direitos humanos, embora possa ser ela também utilizada para justificar transgressões dos mesmos direitos. E neste sentido, a Teologia tem um papel fundamental por se tratar de uma reflexão que traz em seu bojo uma proposta de humanização a partir da fé, pois fortalece qualquer iniciativa de combate a violação e o avanço da legislação na prevenção e combate a violência contra a mulher.

Palavras-chave: Kênosis. Violência. Mulheres. Direitos Humanos.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador