ANÁLISE DIAGNÓSTICA E PROGNÓSTICA DO SETOR DE ALIMENTOS NA GESTÃO ENERGÉTICA COM APOIO DE MÉTODOS MULTICRITÉRIO

FERRARI, João Guilherme Senhorinho1; PRADELLA, Angela Morandini2;

Resumo

Introdução:Em um cenário de aumento de custo e escassez de recursos energéticos, a gestão de energia vem ganhando espaço dentro das indústrias para otimização do consumo de energia. A indústria alimentícia está inserida neste contexto devido ao avanço de tecnologias e processos que resultaram no aumento da demanda energética no setor.

Objetivo:O objetivo central deste projeto é formalizar um modelo de avaliação para diagnosticar o cenário atual da gestão energética no ambiente aplicado.

Metodologia:O modelo nomeado de Energy Management Assessment Model (EMAM), teve seu desenvolvimento iniciado a partir da revisão da literatura, que habilitou o conhecimento necessário para compreensão do domínio pesquisado. A partir do portfólio bibliográfico obtido, foram realizadas análises de frequência de palavras para levantar os principais elementos caracterizadores do domínio da gestão energética. O modelo foi instrumentalizado através de uma matriz que contém: aspectos, considerados como principais características da gestão energética; barreiras, consideradas como elementos que impedem ou limitam o avanço da gestão de energia; e atributos qualificadores, que descrevem as principais práticas, ferramentas e estratégias do gerenciamento energético. O EMAM foi inserido no método multicritério Analytic Hierarchy Process (AHP) para desenvolvimento da abordagem de aplicação, e através de cálculos instrumentalizados em software realizar a avaliação diagnóstica da gestão energética no ambiente aplicado. O resultado da análise define a priorização dos denominados pacotes avaliativos, que contém em categorias os atributos qualificadores. Assim, permite ao usuário ser capaz de verificar quais as dimensões estão sendo priorizadas no contexto da avaliação do modelo.

Resultados:O EMAM foi aplicado em um teste piloto com um especialista da gestão de energia, e pesquisador na área de desenvolvimento de modelos de maturidade no domínio. A interpretação dos resultados obtidos permitiu concluir que em um cenário ideal de gestão energética a priorização deve ser dada ao pacote estratégico, que contém atributos que remetem a práticas, características e elementos estratégicos. Os resultados do AHP, retornados em valores de priorização, foram inseridos em gráficos para melhor análise. O resultado do diagnóstico mediante a aplicação com especialista foi definido como exemplo ideal de priorização, de forma que organizações que buscam o alcance da excelência em gestão de energia devem estar alinhadas com tais resultados.

Conclusões:Como considerações finais, verificou-se que até o momento do presente projeto, a não existência de uma definição exata do que se compreende como gestão de energia e as práticas nela envolvidas. A formalização de um modelo, proposto através de análise de frequência de trabalhos correlatos (presentes no portfólio bibliográfico) introduz uma abordagem integrada através dos atributos qualificadores, identificados como mais relevantes para o domínio.

Palavras-chave: Gestão de Energia. Indústria de Alimentos. AHP. Diagnóstico.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador