POLÍTICAS PÚBLICAS E PROJETOS SOCIAIS PARA A JUVENTUDE: ANÁLISE DE DEMANDA E PROPOSIÇÕES.

SILVEIRA, Fernanda Rosa1; SILVEIRA, Jucimeri Isolda2;

Resumo

Introdução:Esta pesquisa analisa os resultados do Mapa Social do Município de São José dos Pinhais, realizado pelo Núcleo de Direitos Humanos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR, com foco na realidade de adolescentes e jovens e suas famílias, moradores do território Borda do Campo, com o objetivo de identificar tendências que expressam vulnerabilidades, desproteções e insuficiência em termos de políticas públicas, assim com as potencialidades visando a proposição de políticas públicas e projetos sociais

Objetivo:A pesquisa busca Analisar a realidade social dos territórios da Borda do Campo e Roseira, e indicar propostas para a formulação de políticas públicas para juventude e iniciativas solidárias, na perspectiva da integralidade dos direitos humanos.

Metodologia:Para a realização do estudo adotou-se como metodologias a pesquisa exploratória e a análise de conteúdo do Relatório do Mapa Social.

Resultados:O território analisado aponta insuficiências importantes em políticas públicas, especialmente saúde, mobilidade urbana, educação, entre outras. A realidade social e econômica do território demanda políticas e iniciativas com potencial de alteração dos indicadores sociais obtidos. Foi identificado uma acentuada evasão escolar no ensino médio, bem como distorção idade-série, o que desafia o poder público a implementar ações que possam qualificar a educação, na relação demais políticas, tendo em vista a integralidade dos direitos humanos. Observa-se, também, uma alta incidência de violências e atos infracionais, realidade que demanda novas medidas de solução de conflitos, como as práticas restaurativas, políticas de educação em direitos humanos, arte cultura, profissionalização, entre outras provisões.

Conclusões:O estudo realizado sobre os conceitos principais como território, direitos humanos e políticas pública, assim como os resultados do Mapa Social e as políticas públicas e projetos existentes nos territórios Borda do Campo e Roseira de São Sebastião, permitiram concluir que a realidade social dos adolescentes e jovens é marcada por vulnerabilidades e fragilidades nos serviços sociais. Importante reforçar que a redução das vulnerabilidades e das violações de direitos depende de políticas e ações em rede que promovam o fortalecimento das relações, o acesso a possibilidades concretas de melhoria das condições de vida, de desenvolvimento dos território, a partir do protagonismo da própria comunidade. A pesquisa contribui na construção de ferramentas que realizem diagnósticos e promovam alterações positivas nos territórios, a exemplo do Mapa Social. Políticas para juventude, especialmente num território com alto grau de vulnerabilidade das famílias, é fundamental, assim como políticas sociais básicas, assim como a promoção de protagonismo da comunidade, dos jovens.

Palavras-chave:Território. Direitos Humanos. Políticas Públicas. Juventude

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador