OBESIDADE E MARCADORES GENÉTICOS: REVISÃO SISTEMÁTICA

OLSEN, Rafaella Potrich1; FLÔRES., Luiz Carlos Py 3; MOYSES, Samuel Jorge2;

Resumo

Introdução:A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal e pode estar associada ao desenvolvimento de outras condições ou doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) sistêmicas. Atualmente, esse problema tem uma prevalência global crescente e a incidência de morte, por causas associadas a ela, apresenta-se cada vez mais elevada. A obesidade e o sobrepeso, geralmente com etiologia multifatorial, apresentam diversas causas conhecidas, entre elas podemos citar alimentação inadequada e/ou excessiva, sedentarismo, estresse crônico, fármacos, doenças psicopatológicas, entre outras. Contudo, não somente esses fatores obesogênicos podem atuar, já que o processo de desenvolvimento do sobrepeso e obesidade pode ser relacionado a fatores genéticos.

Objetivo:O estudo tem por objetivo revisar sistematicamente trabalhos que correlacionam o sobrepeso e obesidade com marcadores genéticos.

Metodologia:Revisão sistemática, utilizando a estratégia P.I.(E).C.O. (População; Intervenção (Exposição), Comparação e Outcomes – Desfecho) gerando a pergunta norteadora “O que nos revela a evidência científica atual sobre a associação entre marcadores genéticos e obesidade?” Para a busca da literatura pertinente foram determinados previamente descritores DeCS e MeSH em quatro grandes plataformas: Pubmed, Scopus, Cochrane e Google Acadêmico. Os estudos eleitos foram selecionados através de uma combinação das ferramentas PRISMA e The HuGENet™ finalizando em 19 artigos elegíveis e incluídos.

Resultados:Criou-se uma tabela de extração de informações de interesse contendo os itens: Título do artigo; Ano da publicação; Autores; Objetivos/Temas focais; Condução metodológica; Desfechos. Os estudos incluídos foram, em grande maioria, estudos transversais, que traziam como foco principal o estudo de marcadores genéticos associados ou não ao sobrepeso e obesidade. A grande maioria dos estudos (n=16) apresentaram entre os genes estudados um ou mais marcadores com forte associação com a obesidade. Dois genes com um ou mais marcadores não tiveram associação e um gene, o PTX3, apresentou forte associação com anti-inflamatórios metabólicos, mas uma associação inversa ao sobrepeso ou obesidade. As principais relações com o sobrepeso e obesidade foram atribuídas aos genes ADIPOQ e ABCA1.

Conclusões:A maioria dos trabalhos incluídos parece expressar grande potencial de associação dos genes/marcadores estudados, com prováveis influências genéticas com a obesidade, principalmente em relação ao gene ADIPOQ com relevância para o polimorfismo rs182052. A melhor compreensão da interação genética e suas variações, em relação ao problema do sobrepeso/obesidade podem ajudar as pessoas portadores do problema e equipes de saúde no aconselhamento e promoção da saúde, na expectativa de eventuais desenvolvimentos de regimes de prevenção e/ou tratamento mais abrangentes.

Palavras-chave: Obesidade. Sobrepeso. Gene. Marcador genético.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador