ELABORAÇÃO DE CONFLITOS (BIO)ÉTICOS PARA CENÁRIOS DE RPG EM CONTEXTOS EDUCATIVOS - I

LIMA, Rafaela Fatima de 1; CUNHA, Thiago Rocha da 2;

Resumo

Introdução:Este projeto de pesquisa situa-se nas atividades do Grupo de Pesquisa PUCPR/CNPq “Bioética e Educação”, e compõe um “projeto guarda-chuva” que abarca as atividades de outros bolsistas PIBIC e outra bolsista PIBIC Jr, bem como pesquisadores de diversos níveis de formação e atuação e um projeto de mestrado em vigência. O projeto maior tem por objetivo aplicar um jogo desenvolvido pelos pesquisadores nos anos anteriores para o ensino de Bioética no Ensino Superior. As Metodologias Ativas de Aprendizagem são uma forma alternativa de ensino que consiste em se empoderar e garantir protagonismo ao estudante. A gamificação é uma metodologia que promove a imersão, abstração e ressignificação do conteúdo abordado, provocando uma aprendizagem significativa.

Objetivo:O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma metodologia ativa de ensino para abordagem dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável a partir da interface entre Bioética e os Direitos Humanos.

Metodologia:A pesquisa incluiu a revisão sistemática de literatura acerca do tema abordado, para a caracterização do estado da arte acerca de metodologias ativas no ensino de Bioética e sobre Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS). Para se elaborar os materiais a serem usados nas sequências didáticas, foi realizada a triangulação de métodos de investigações teóricas, documentais e empíricas, discutidos e avaliados em grupo em reuniões semanais do grupo de pesquisa

Resultados:O material pedagógico desenvolvido ao longo da vigência 2018-2019 desta pesquisa compõe cinco casos relacionados ao ODS 5, que trata de igualdade de gênero e empoderamento feminino. A construção dos materiais pedagógicos, intitulados “missões”, permitiu a elaboração de estudos de caso em forma de contos ou desafios para que os jogadores apliquem competências críticas pautados por valores morais e conceitos (bio)éticos e de Direitos Humanos. Os ODS, dependem do engajamento popular para sua concretização. A UNESCO defende que a Educação é essencial para a consolidação de tal agenda e reafirma a importância dos processos educativos de qualidade e equitativos para se atingir o estado sustentabilidade. Uma vez que a Educação para o Desenvolvimento Sustentável e os próprios ODS são em sua essência multidisciplinares e transversais às diferentes dimensões da vida humana, a Bioética surge como subsídio e facilitadora na abordagem dos temas relacionados a tal agenda, principalmente quando discutida à luz dos Direitos Humanos.

Conclusões:Ao elaborar casos que remetem a realidade, proporciona um momento de reflexão para e aprendizado que transcende os muros da instituição e muda comportamentos no dia-a-dia do jogador. Concluída a produção dos materiais pedagógicos, o próximo passo será a aplicação em uma instituição de ensino para avaliação da metodologia desenvolvida, que acontecerá ao longo do segundo semestre de 2019 nas atividades do grupo de Pesquisa, dentro das atividades do projeto de mestrado de um dos pesquisadores que colaborou com este trabalho.

Palavras-chave: Bioética. Desenvolvimento Sustentável. Educação. Role Playing Game.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador