ELABORAÇÃO DE CONFLITOS (BIO)ÉTICOS PARA CENÁRIOS DE RPG EM CONTEXTOS EDUCATIVOS - II

BAPTISTAO, JULIA STEFANI 1; CUNHA, Thiago Rocha da 2;

Resumo

Introdução:Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) correspondem a um conjunto de objetivos e metas definidos pelas Nações Unidas para serem cumpridos até 2030. Os ODS envolvem inúmeros tópicos, todos eles relacionados ao tripé sustentabilidade ambienta/ crescimento economia/ redução das desigualdades. Para serem cumpridos, os ODS devem ser incorporados com uma agenda das sociedades locais. Um dos meios de implementação dos Objetivos é via a Educação.

Objetivo:O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma metodologia ativa de ensino para abordagem dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) a partir da interface entre Bioética e os Direitos Humanos

Metodologia:A pesquisa incluiu a revisão sistemática de literatura acerca do tema abordado, para a caracterização do estado da arte acerca de metodologias ativas no ensino de Bioética e sobre Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS). Para se elaborar os materiais a serem usados nas sequências didáticas, foi realizada a triangulação de métodos de investigações teóricas, documentais e empíricas, discutidos e avaliados em grupo em reuniões semanais do grupo de pesquisa. Tomando os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) como eixo teórico, elencou-se o ODS 15 – Vida Terrestre. A partir dele foram selecionadas metas que serviram como base para a criação do material pedagógico elaborado

Resultados:O material pedagógico desenvolvido ao longo da vigência 2018-2019 desta pesquisa compõe cinco casos relacionados ao ODS 15, que trata da vida sobre a terra, ecologia, teia alimentar e gestão de recursos naturais terrestres. Para tal, foram analisadas as normativas da UNESCO em relação a Educação para o Desenvolvimento Sustentável e a bibliografia acerca do uso de metodologias ativas para a aprendizagem em Bioética e Direitos Humanos. Este trabalho apresenta as “missões” criadas a partir do ODS 15 de acordo com a normativa analisada que consistem em estudos de casos estruturados em problemas pautados na realidade e nas diversas metas dos ODS para se atingir a sustentabilidade. Com elas, o professor será capaz de abordar os temas definidos pelos documentos da EDS com estudantes enquanto proporciona um ambiente descontraído e de construção de ideias e conhecimento, aprimorando o convívio democrático em sala de aula.

Conclusões:É essencial debater sobre a gestão dos recursos terrestres para manter a esperança de alcançar um estágio civilizatório de sustentabilidade. Apontados como desafios para abordagem em sala de aula, questões acerca de teia alimentar, mudanças climáticas e geração de resíduos são trabalhadas de forma satisfatória com o auxílio de metodologias ativas, que promovam imersão do estudante no conteúdo abordado e que o capacite a transpor os conteúdos e competências para seu dia-a-dia, proporcionando um aprendizado significativo. A educação é fundamental para a construção de uma sociedade igualitária e sustentável, por isso que o desenvolvimento de novos métodos de ensino que envolvam e potencializem o aprendizado é tão importante. A Bioética, tal como os ODS, é transversal às diferentes esferas da vida humana, e dá subsídio e espaço de diálogo para abordagem dos temas da Agenda 2030, especialmente quando discutida à luz dos Direitos Humanos.

Palavras-chave: Sustentabilidade. Bioética. Metodologias Ativas. Educação.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador