ATIVIDADE ALELOPÁTICA DE AVEIA PRETA (AVENA STRIGOSA) SOBRE O DESENVOLVIMENTO INICIAL DE SEMENTES DE SOJA

ZIMPEL, Daiane Carolina1; MEWES, Priscila Kasper 3; SCHNEIDER, Cristina Fernanda2;

Resumo

Introdução:O uso de plantas de cobertura é uma ótima opção para rotação deculturas e manutenção do sistema de plantio direto, onde através da deposição dapalhada dessas culturas, ocorre a melhoria dos atributos do solo, além dapossibilidade de inibir a germinação de plantas invasoras. Entre as plantas utilizadasantes da semeadura da soja na região oeste paranaense, está a aveia preta (Avenastrigosa), que propicia boa cobertura do solo, porém, relata-se que a mesma possuicapacidade alelopática sobre outras plantas.

Objetivo:Estudar a influência deextratos aquosos de aveia preta sobre o desenvolvimento inicial da soja.

Metodologia:O experimento foi conduzido no Laboratório de Fitopatologia da PUCPR –Campus Toledo, PR sendo um delineamento inteiramente casualizado em esquemafatorial 6x3 (6 tratamentos: 0, 7, 14, 21, 28 e 35 dias após a dessecação (DAD)) e 3extratos aquosos de aveia preta (parte aérea, sistema radicular e água deionizadacomo testemunha), com 4 repetições. Realizaram-se testes de germinação e índicede velocidade de germinação simultaneamente, e a determinação do índice de vigore de crescimento através da análise computadorizada de imagens com uso desoftware Vigor-S. Os resultados obtidos foram submetidos a análise de variância e,quando na existência de significância pelo teste F, os dados foram desdobrados peloteste de Tukey e análise de regressão polinomial a 5% de probabilidade, com oauxílio do software Sisvar 5.3.

Resultados:Foram significativos a 5% deprobabilidade os diferentes tipos de extrato para plântulas normais e anormais,sendo o extrato de parte radicular o que obteve maior porcentagem de plântulasanormais. O índice de velocidade de germinação, índice de vigor e índice decrescimento obtiveram interação significativa para os diferentes tratamentos e tiposde extrato, sendo as menores médias registradas aos 0 DAD. Para sementes nãogerminadas, não houve significância a 5%.

Conclusões:Através dos resultados obtidos, constatou-se que a viabilidade e o vigor da soja são afetadosquando a semeadura é realizada sem dessecação prévia da aveia preta.

Palavras-chave:Alelopatia. Potencial Fisiológico. Glycine max.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador