ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO EM CAMPANHAS DEPREVENÇÃO ÀS DROGAS PARA CRIANÇAS EADOLESCENTES

FILHO, Júlio César Rigoni1; ZABLONSKY, Marcos Jose2;

Resumo

Introdução:Pesquisas nacionais sobre o consumo de drogas evidenciam o público jovem como um dos mais afetados pelo uso abusivo de substâncias psicoativas. Perante a isso, problematiza-se sobre a ausência de materiais e campanhas de conscientização eficazes, sendo importante considerar quais abordagens comunicacionais e de linguagens, são mais eficazes para conscientizar e prevenir o consumo de drogas junto a juventude.

Objetivo:Os objetivos são construir materiais de prevenção (gibi e vídeo) para o público adolescente e analisar alguns materiais já existentes sobre essa realidade a partir de sua construção semiótica.

Metodologia:Partindo de uma revisão de literatura e aprofundamento no tema prevenção às drogas, desenvolve-se as referências para a construção das estratégias de comunicação. Já com a análise de conteúdo de alguns materiais de prevenção distribuídos no Brasil estrutura-se os elementos fundamentais para os materiais de prevenção desenvolvido. As análises de conteúdo formaram uma rede de conexões que conduziram ao processo de criação dos materiais de prevenção. Há a ainda o desenvolvimento de entrevistas em profundidade com uma pedagoga especialista que atua na construção de práticas educacionais ligadas a prevenção às drogas.

Resultados:A pesquisa resultou em constatações teóricas sobre os mecanismos e práticas eficazes de prevenção ao uso abusivo de drogas com adolescentes. E, principalmente, houve a construção de um gibi de prevenção e idealização de um vídeo para dar sequência a prática de conscientização, os quais serão aplicados em escolas da Região Metropolitana de Curitiba. O vídeo será uma atividade desenvolvida nas escolas, com protagonismo dos estudantes, os quais serão desafiados a dar continuidade para a história do gibi.

Conclusões:A partir disso, a pesquisa está em processo de uma nova submissão no PIBIC 2019/2020, sendo que o enfoque será a aplicação dos materiais gibi e o video com estudantes do 9º ano do ensino fundamental. O gibi será submetido a análises de especialistas por meio de outras entrevistas em profundidade no decorrer do próximo ano.Essa pesquisa deu frutos com a submissão de um artigo no V PENSACOM 2018 em São Paulo, no Congresso do INTERCOM Regional Sul 2019 e, recentemente foi submetido um resumo para produção de um pôster e um artigo no EDUCERE 2019. Além disso, o estudante participou do SEMIC 2018 assistindo palestras e acompanhando trabalhos, participou de diálogos sobre prevenção às drogas em alguns municípios do Paraná (como Campo Magro e Palmeira) e de reuniões da comissão de políticas sobre drogas da OAB. Ações essas, cujo convite fora feito por Carlos Augusto Weber, que é membro do Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas do Paraná e ex-Secretário Municipal de Políticas Sobre Drogas de Campo Largo.

Palavras-chave: Comunicação. Direitos Humanos. Políticas Públicas. Prevenção às Drogas. Juventude.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador