TEATRO PARA QUE?TEATRO SOCIAL BRECHTIANO E MANIFESTAÇÕES TEATRAIS EM CURITIBA

ROSA, Arthur Nogueira de Magalhães Santa1; GONÇALVES, Adalgisa Aparecida de Oliveira2;

Resumo

Introdução:O teatro social desenvolvido por Bertolt Brecht no século XX alterou o sentido e o caráter social desempenhado pelo teatro, propondo, através de uma nova estética teatral, que o divertimento proveniente do teatro se tornasse uma ferramenta de reflexão sociopolítico.

Objetivo:Analisar os reflexos da estética breschtiana em grupos teatrais contemporâneos, previamente selecionados, da cidade de Curitiba - PR, investigando a implicação que os grupos Companhia Brasileira de Teatro, Grupo Delírio Cia de Teatro e Companhia Teatral Pathos têm com uma arte teatral compromissada a percorrer fins sociais.

Metodologia:A pesquisa foi fundamentada na obra de Brecht e em um levantamento de autores que comentam a obra de Brecht, e teóricos que discorrem sobre a importância da convergência entre arte e manifestação política. Para a coleta de dados acerca das companhias pesquisadas, foi empregada uma abordagem de pesquisa qualitativa, utilizando a técnica de entrevista em profundidade com o ator Chico Nogueira.

Resultados:A pesquisa evidenciou que existe a presença de um engajamento sociopolítico na produção artística dos artistas pesquisados, os quais arrogam que, utilizando da arte teatral, sempre visam ao diálogo com o público sobre temas que constroem uma arquitetura social, desde temas abrangentes e familiares a todos, até manifestos que dialogam com um nicho especifico da sociedade, revelando que o engajamento social está presente em seus trabalhos autorais, tal como é visto em Brecht, a fim de prover um teatro não anestésico, mas sim que incite o público a refletir sobre sua situação social.

Conclusões:O estudo realizado aborda questões inerentes à teoria brechtiana, investigando o potencial da função social que a arte pode desempenhar, revelando a relevância de uma arte comprometida com a libertação e a reflexão sociopolítica, abordando, a partir da visão de diversos autores renomados no cenário acadêmico, a importância de uma arte que busca conversar com o público, instigando em quem a vê a reflexão crítica sobre sua posição na sociedade, e analisa como o discurso e o trabalho desenvolvido por Bertolt Brecht reverbera pela classe artística curitibana, tanto nos parâmetros ideológicos quanto nos estéticos.

Palavras-chave: Teatro. Teatro social. Bertolt Brecht.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador